Explore Foto Wwf, Portuguese and more!

Explore related topics

Desde o início de 2013 outros cinco rinocerontes foram mortos, segundo o governo da África do Sul. Mas, o problema não ocorre apenas no país africano. Acima, um crânio de rinoceronte. Foto: WWF

Desde o início de 2013 outros cinco rinocerontes foram mortos, segundo o governo da África do Sul. Mas, o problema não ocorre apenas no país africano. Acima, um crânio de rinoceronte. Foto: WWF

As presas de marfim geralmente são usadas na medicina tradicional, objetos de decoração e joias. Acima, um escultor de marfim em Payuhakirri, Tailândia. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

As presas de marfim geralmente são usadas na medicina tradicional, objetos de decoração e joias. Acima, um escultor de marfim em Payuhakirri, Tailândia. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

A matança dos animais está ocorrendo devido à crença de que o pó do chifre de rinoceronte tem poderes medicinais e pode ser usado em casos de câncer, comum em países como China e Vietnã. O quilo de chifre pode ser vendido por até US$ 65 mil. Foto: WWF

A matança dos animais está ocorrendo devido à crença de que o pó do chifre de rinoceronte tem poderes medicinais e pode ser usado em casos de câncer, comum em países como China e Vietnã. O quilo de chifre pode ser vendido por até US$ 65 mil. Foto: WWF

Fotógrafo brasileiro captura belezas escondidas em mares tropicais - Fotos - UOL Notícias

Fotógrafo brasileiro captura belezas escondidas em mares tropicais

Fotógrafo brasileiro captura belezas escondidas em mares tropicais - Fotos - UOL Notícias

Em julho de 2012, cerca de meia tonelada de marfim, com valor de mais de US$ 700 mil, foi apreendida no aeroporto de Bangcoc. Acima, um oficial fiscaliza uma loja que vende joias e objetos de marfim no mercado de Tha Phrachan, Tailândia. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

Em julho de 2012, cerca de meia tonelada de marfim, com valor de mais de US$ 700 mil, foi apreendida no aeroporto de Bangcoc. Acima, um oficial fiscaliza uma loja que vende joias e objetos de marfim no mercado de Tha Phrachan, Tailândia. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

Apesar da proibição, há 23 anos, do comércio internacional de marfim, elefantes continuam sendo mortos para este fim. Acima, foto aérea de uma manada de elefantes africanos na Reserva Presidencial de Wonga Wonghe, no Gabão. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

Apesar da proibição, há 23 anos, do comércio internacional de marfim, elefantes continuam sendo mortos para este fim. Acima, foto aérea de uma manada de elefantes africanos na Reserva Presidencial de Wonga Wonghe, no Gabão. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

O WWF afirmou que o comércio ilegal está ameaçando cada vez mais as vidas de elefantes, rinocerontes e tigres na África e Ásia. Dezenas de milhares de pessoas são mortos todo ano e existem menos de 3,2 mil tigres na natureza. Acima, um dos 16 filhotes de tigres apreendidos em outubro. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

O WWF afirmou que o comércio ilegal está ameaçando cada vez mais as vidas de elefantes, rinocerontes e tigres na África e Ásia. Dezenas de milhares de pessoas são mortos todo ano e existem menos de 3,2 mil tigres na natureza. Acima, um dos 16 filhotes de tigres apreendidos em outubro. Foto: © WWF-Canon /James Morgan

Especialistas afirmam que a demanda crescente pelos chifres do animal na Ásia está fazendo com que o número de rinocerontes mortos aumente. Acima, fatias de chifre de rinocerontes vendidas em uma loja de Kyoto, no Japão. Foto: WWF

Especialistas afirmam que a demanda crescente pelos chifres do animal na Ásia está fazendo com que o número de rinocerontes mortos aumente. Acima, fatias de chifre de rinocerontes vendidas em uma loja de Kyoto, no Japão. Foto: WWF

'Rinocerontes estão sendo mortos, seus chifres arrancados e os animais são deixados para sangrar até morrer, tudo pelo uso fútil dos chifres como cura para ressaca', afirmou Sabri Zain, da TRAFFIC. Acima, um rinocerante sendo transportado para uma nova reserva, como parte do programa de conservação da WWF. Foto: WWF

'Rinocerontes estão sendo mortos, seus chifres arrancados e os animais são deixados para sangrar até morrer, tudo pelo uso fútil dos chifres como cura para ressaca', afirmou Sabri Zain, da TRAFFIC. Acima, um rinocerante sendo transportado para uma nova reserva, como parte do programa de conservação da WWF. Foto: WWF

Pinterest
Search