Explore Ela Estaria, Estaria Sendo and more!

Explore related topics

De acordo com informações preliminares do 6º Batalhão da Polícia Militar, Ingred já estaria sendo observada pelo suspeito que identificou o momento que ela estaria sozinha em casa. Ela teria sido violentada sexualmente e em seguida morta. A polícia informou, ainda, que a jovem foi encontrada nua no chão do quarto e que a porta dos fundos da casa estaria aberta.

De acordo com informações preliminares do 6º Batalhão da Polícia Militar, Ingred já estaria sendo observada pelo suspeito que identificou o momento que ela estaria sozinha em casa. Ela teria sido violentada sexualmente e em seguida morta. A polícia informou, ainda, que a jovem foi encontrada nua no chão do quarto e que a porta dos fundos da casa estaria aberta.

Nelson Massini, médico legista indicado para o caso, apontou que pelo menos 13 vítimas foram assassinadas sumariamente. Uma das principais provas da ação deliberada da polícia foi o laudo produzido pela Unicamp, assinado pelo perito Ricardo Molina. Ele analisou as imagens (TV Liberal) dos primeiros momentos do massacre. E esclareceu que a cena em que os sem-terra lançam pedras e paus em direção à polícia, na verdade, era uma tentativa de resgaste de um trabalhador que já havia sido atingido.

Nelson Massini, médico legista indicado para o caso, apontou que pelo menos 13 vítimas foram assassinadas sumariamente. Uma das principais provas da ação deliberada da polícia foi o laudo produzido pela Unicamp, assinado pelo perito Ricardo Molina. Ele analisou as imagens (TV Liberal) dos primeiros momentos do massacre. E esclareceu que a cena em que os sem-terra lançam pedras e paus em direção à polícia, na verdade, era uma tentativa de resgaste de um trabalhador que já havia sido atingido.

O tucano já era dono de outros dois lotes, comprados em 2001, onde fica a casa de campo da família. O imóvel fica em um terreno íngreme, em um nível mais baixo que a rua, tem dois andares e 411 m² de área construída, segundo o registro da Prefeitura de São Roque. Para efeito comparativo, uma casa na mesma rua da que pertence a Moraes, com 100 m² a mais de área construída — mas um terreno menor —, está à venda por R$ 2,2 milhões no mercado.

Alexandre de Moraes acumulou patrimônio milionário no serviço público

O tucano já era dono de outros dois lotes, comprados em 2001, onde fica a casa de campo da família. O imóvel fica em um terreno íngreme, em um nível mais baixo que a rua, tem dois andares e 411 m² de área construída, segundo o registro da Prefeitura de São Roque. Para efeito comparativo, uma casa na mesma rua da que pertence a Moraes, com 100 m² a mais de área construída — mas um terreno menor —, está à venda por R$ 2,2 milhões no mercado.

A lei que torna Chico Mendes patrono do meio ambiente brasileiro - LEI No 12.892, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 - foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada em 16/12/2013 no Diário Oficial da União. O líder seringueiro, morto há 25 anos, ficou conhecido internacionalmente por sua luta em favor da categoria e da proteção da Floresta Amazônica.

A lei que torna Chico Mendes patrono do meio ambiente brasileiro - LEI No 12.892, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 - foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada em 16/12/2013 no Diário Oficial da União. O líder seringueiro, morto há 25 anos, ficou conhecido internacionalmente por sua luta em favor da categoria e da proteção da Floresta Amazônica.

O suspeito de matar a universitária Ingred Israel na segunda-feira (20) foi preso pela Polícia Civil e presta depoimento na Divisão de Homicídios, em Belém, nesta terça-feira (21). De acordo com a polícia, o personal trainer Antonio Eduardo Souza Nascimento, de 21 anos, foi preso em sua casa, na travessa WE-60 do conjunto Guajará, em Ananindeua, na Grande Belém. Com ele, a faca usada para matar a vítima foi apreendida. O suspeito confessou ter cometido o crime.

Polícia prende suspeito de matar universitária na Grande Belém

O suspeito de matar a universitária Ingred Israel na segunda-feira (20) foi preso pela Polícia Civil e presta depoimento na Divisão de Homicídios, em Belém, nesta terça-feira (21). De acordo com a polícia, o personal trainer Antonio Eduardo Souza Nascimento, de 21 anos, foi preso em sua casa, na travessa WE-60 do conjunto Guajará, em Ananindeua, na Grande Belém. Com ele, a faca usada para matar a vítima foi apreendida. O suspeito confessou ter cometido o crime.

24.03.2016 | Na manhã de ontem, a PF iniciou uma operação para desmontar um grupo que atua em Boa Vista e Alto Alegre na extração ilegal de madeira nobre da Floresta Nacional de Roraima e na TI Yanomami. Foi cumprido um mandando de prisão contra o cabeça do grupo, de 45 anos, cujo nome não foi revelado, e dois de busca e apreensão. Os mandados foram deferidos pela Justiça Federal em Roraima depois de pedido feito pelo delegado que preside o inquérito que investiga crimes ambientais.

24.03.2016 | Na manhã de ontem, a PF iniciou uma operação para desmontar um grupo que atua em Boa Vista e Alto Alegre na extração ilegal de madeira nobre da Floresta Nacional de Roraima e na TI Yanomami. Foi cumprido um mandando de prisão contra o cabeça do grupo, de 45 anos, cujo nome não foi revelado, e dois de busca e apreensão. Os mandados foram deferidos pela Justiça Federal em Roraima depois de pedido feito pelo delegado que preside o inquérito que investiga crimes ambientais.

O suspeito, identificado como Antônio Eduardo Souza Nascimento, foi capturado em casa pelos policiais e prestou esclarecimento sobre o caso. O suspeito afirmou que possuía um caso com a universitária e que o crime foi cometido por motivo passional.

O suspeito, identificado como Antônio Eduardo Souza Nascimento, foi capturado em casa pelos policiais e prestou esclarecimento sobre o caso. O suspeito afirmou que possuía um caso com a universitária e que o crime foi cometido por motivo passional.

Liberar a rodovia, mesmo que fosse necessário o uso da força. Esta foi a ordem, segundo o Ministério Público, dada pelo secretário de Segurança Pública do Pará na época, Paulo Sette Câmara, ao comando da PM naquele dia 17. Mais de 150 policiais, sendo 85 de Marabá e o restante de Parauapebas, cada tropa de um lado da estrada, encurralando os trabalhadores.  | Foto: Ascom/MDA |

Liberar a rodovia, mesmo que fosse necessário o uso da força. Esta foi a ordem, segundo o Ministério Público, dada pelo secretário de Segurança Pública do Pará na época, Paulo Sette Câmara, ao comando da PM naquele dia 17. Mais de 150 policiais, sendo 85 de Marabá e o restante de Parauapebas, cada tropa de um lado da estrada, encurralando os trabalhadores. | Foto: Ascom/MDA |

BELO HORIZONTE - A Polícia Civil de Minas Gerais vai indiciar por homicídio a direção da mineradora Samarco por 19 mortes ocorridas no rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, no dia 5 de novembro do ano passado. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 5, pelo delegado responsável pela investigação da queda da represa, Rodrigo Bustamante.

Direção da Samarco será indiciada por homicídio - Brasil

BELO HORIZONTE - A Polícia Civil de Minas Gerais vai indiciar por homicídio a direção da mineradora Samarco por 19 mortes ocorridas no rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, no dia 5 de novembro do ano passado. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 5, pelo delegado responsável pela investigação da queda da represa, Rodrigo Bustamante.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a solicitar uma ação de busca e apreensão no Senado para coletar dados para o inquérito que apura a acusação de que o atual presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), atuou para "maquiar" dados da CPI dos Correios, em 2005.  A medida, no entanto, foi abortada depois que o Senado garantiu que daria acesso irrestrito aos documentos.  A suspeita sobre Aécio foi levada à PGR pelo ex-senador Delcídio do Amara.

Janot pediu busca e apreensão contra Aécio

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a solicitar uma ação de busca e apreensão no Senado para coletar dados para o inquérito que apura a acusação de que o atual presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), atuou para "maquiar" dados da CPI dos Correios, em 2005. A medida, no entanto, foi abortada depois que o Senado garantiu que daria acesso irrestrito aos documentos. A suspeita sobre Aécio foi levada à PGR pelo ex-senador Delcídio do Amara.

Pinterest
Search